Apontado em pesquisa da plataforma Muck Rack como rede social preferida dos jornalistas para trabalhar e para se informar, o Twitter aproveita do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa para ganhar mais alguns pontos entre os profissionais de mídia. A rede social lançou na segunda-feira (3/5) uma grande campanha global para promover o jornalismo no Twitter, incentivando as pessoas a seguirem os jornalistas locais e apoiarem seu trabalho.

O jornalismo regional tem sido o mais atingido pela crise da indústria de mídia, sobretudo nos Estados Unidos, onde foi cunhada a expressão “deserto de notícias” para denominar a extensão de cidades que perderam seus veículos locais. 

Embora o Twitter seja globalmente a plataforma preferida pela mídia e alguns jornalistas tenham milhares de seguidores na rede, profissionais locais não têm a mesma popularidade. 

Leia também: 10 jornalistas internacionais que merecem ser seguidos nas redes sociais 

No comunicado em que anuncia a campanha, o Twitter salientou que os jornalistas continuam a reportar nas linhas de frente dos conflitos, enfrentando interesses hostis e, especialmente durante o ano passado, arriscando sua saúde pessoal para cobrir uma pandemia global. E que por isso precisam ser apoiados.

#FollowLocalJournalists no Twitter

A rede social organizou um dia de ação global no Twitter,  em 3 de maio, centrado na hashtag #FollowLocalJournalists. 

Estamos encorajando a todos – repórteres nacionais proeminentes, organizações de defesa do jornalismo e consumidores de notícias apaixonados todos os dias – a compartilhar exemplos impactantes do jornalismo local e elevar os repórteres que contribuíram para isso. O objetivo é destacar o trabalho desses repórteres e aumentar sua audiência.

Jornalismo no TwitterNos Estados Unidos, a campanha  teve  28 anúncios coloridos de página inteira em jornais locais dos grupos de mídia Gannett (USA Today) e McClatchy, incluindo Detroit Free Press, Columbus Dispatch, Oklahoma City Oklahoman, Indianapolis Star, Miami Herald, Kansas City Star e Cincinnati Enquirer.

Recursos para jornalistas 

A empresa programou tamvém várias conversas no  Twitter Spaces, recurso de bate-papo com áudio ao vivo.

“Jornalistas locais são extremamente importantes para o Twitter”, diz Niketa Patel, chefe de parcerias de notícias impressas e digitais do Twitter. A campanha é uma forma de garantir que o Twitter dê aos jornalistas locais um destaque nacional.”

Ela disse que o objetivo da iniciativa é orientar os jornalistas sobre como aproveitar os espaços do Twitter e as listas do Twitter para expandir seu público. “Esses dois produtos em particular podem ajudar os jornalistas a terem ótimas conversas no Twitter e conquistar seguidores”, diz.

No Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, Patel comandou uma conversa na rede social para falar sobre as oportunidades para o jornalismo no Twitter. 

Foram também agendados eventos locais em vários países. No Brasil o encontro foi feito em parceria com a Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) e com a organização Repórteres sem Fronteiras. 

As hashtags #FollowLocalJournalists, #WorldPressFreedomDay, #PressFreedom e # WPFD2021 estão disponíveis em 20 idiomas.