“Com nossas fotos de andorinhas tentamos retratar a beleza e elegância dos animais, que eles irradiam especialmente em voo. Nas fotos, velocidade, leveza, elegância e beleza dos animais se unem.”

Assim os fotógrafos alemães Karsten Mosebach e Bernhard Volmer resumem sua abordagem de trabalho, que lhes rendeu este ano o prêmio principal da Sociedade Alemã de Fotografia de Natureza. Eles retrataram uma andorinha-de-chaminé, espécie que se espalha pelo globo em diversas variantes, além de ser considerada um símbolo da Áustria.

Mosebach e Volmer venceram também na categoria Aves. A dupla se conheceu por acaso, enquanto fotografavam. Desde então, “estão conectados pelo amor pela fotografia e por uma amizade de longa data”, afirma o site da premiação.

Leia também: Tecnologia e poesia nas impressionantes imagens do céu escolhidas pelo Observatório de Greenwich

O trabalho mais recente da dupla é o livro Impressões mágicas – fotografias da natureza da região de Osnabrück. Há dez anos, eles venceram outro importante prêmio da área, o de Fotógrafo da Natureza do Ano, usando a mesma técnica que lhes rendeu esta honraria em 2021:

“A foto tem que mostrar velocidade, facilidade de vôo, elegância e a beleza dos animais em um só clique. Com as andorinhas, é impossível controlar duas câmeras ao mesmo tempo devido à barreira de luz necessária e à tecnologia de flash”.

Categoria especial de 2021 mostra animais em família
Karsten Mosebach e Bernhard Volmer

O concurso GDT Fotógrafo de Natureza do Ano 2021 recebeu ao todo 6.470 fotografias de quase 400 membros, de 13 países.

Os vencedores foram escolhidos entre dez imagens finalistas em cada uma das sete categorias: Pássaros, Mamíferos, Outros Animais, Plantas e Fungos, Paisagens, Natureza e a categoria especial deste ano, Somos uma família.

A fotógrafa alemã Corinna Leonbacher se destacou vencendo em duas categorias este ano, Natureza e Somos uma família, esta última com a imagem de um “café da manhã” dos mergulhões-de-crista.

Veja abaixo as fotografias vencedoras em todas as categorias do ano no prêmio da Sociedade Alemã de Fotografia de Natureza, começando pela célebre andorinha de retratada por Mosebach e Volmer:


Vencedores Fotógrafos do Ano e categoria Aves – “Turbo” (andorinha-de-chaminé)

Por Karsten Mosebach e Bernahard Volmer  – Alemanha

GDT/Karsten Mosebach e Bernhard Volmer

Categoria Mamíferos – “O rei e seu bobo da corte” (leão e filhote)

por Peter Lindel  – Alemanha

GDT/Peter Lindel

Categoria Outros Animais – “Mudskipper” (saltador-do-lodo)

Por  Scott Portelli – Áustria

GDT/Scott Portelli

Categoria Plantas e Fungos – “Fungos de porcelana”

Por Stefan Imig – Alemanha

GDT/Stefan Iming

Categoria Paisagens – “Vulcão?”

Por  Corinna Leonbacher – Alemanha

GDT/Corinna Leonbacher

Categoria Natureza – “Onda dourada”

Por  Sandra Bartocha – Alemanha

GDT/Sandra Bartocha


Categoria especial Somos uma família – “Café da manhã em família” (Mergulhões-de-crista com filhotes)

 Por Corinna Leonbacher – Alemanha

GDT/Corinna Leonbacher

Prêmio do júri – “Pássaro na floresta”

Por Alexandra Wünsch – Alemanha

GDT/Alexandra Wünsch

 Imagens reproduzidos mediante autorização da Sociedade Alemã de Fotografia de Natureza.

Leia também

Pandemia no mundo: Fotógrafos registram o cotidiano do isolamento social em Cuba