O Tinder anunciou nesta terça-feira (22/6) o lançamento de novos recursos no aplicativo: uma ferramenta de vídeo, que possibilita que os usuários se expressem para além do texto em suas biografias; o novo Hot Takes, que pela primeira vez permite que as pessoas conversem via chat antes de dar um “match”; e uma nova ferramenta de explorar, que possibilita que os usuários encontrem com mais facilidade pessoas com gostos semelhantes aos seus. 

A empresa destaca a presença da chamada Geração Z (nascidos a partir de 1995) em suas plataformas, que é, segundo o Tinder, uma geração de “contadores de histórias”. A ideia do recurso de vídeo é ir além dos textos, priorizar a autenticidade e dar chance às pessoas para que falem sobre os mais variados assuntos em seus perfis.

Os “contadores de histórias” representam mais de 50% do número de pessoas que usam o Tinder ao redor do globo, e que assuntos como saúde mental, limites e valores cresceram exponencialmente nas biografias dos perfis. “Apenas a bio nem sempre conta a história completa de uma pessoa para dar um like ou não”, diz a empresa em comunicado. 

Aplicativo vai permitir conversar antes do “match”
Foto: Divulgação/Tinder

Já o Hot Takes será um novo experimento social na plataforma. Pela primeira vez, o Tinder permitirá que dois usuários conversem via chat antes de darem ou não o “match” (quando ambos manifestam interesse no outro). As pessoas podem escolher se desejam conversar com aquele perfil, ou podem deixar o tempo se esgotar e esperar um próximo usuário.

Por fim, o Tinder lança uma nova ferramenta que possibilita buscar por perfis que tenham gostos e opiniões semelhantes. Com o novo recurso,  a empresa afirma que será mais fácil dar “match” com alguém que tenha algo em comum, modernizando a navegação clássica do aplicativo, em que o usuário deslizava fotos para direita ou esquerda, dependendo do interesse.

Esta ferramenta será lançada até setembro nos Estados Unidos.

Jim Lanzone, CEO do Tinder, disse que a ideia é expandir o aplicativo: “Uma nova geração de usuários está pedindo mudanças para mundo pós-Covid. Mais maneiras de mostrar sua autenticidade, mais maneiras de se divertir e interagir com outras pessoas virtualmente e mais controle sobre quem eles encontram no Tinder.”

Leia também

Tinder lança recurso para garantir gentileza na paquera e combater assédio online

Direitos autorais reservados. Reprodução no todo ou em parte autorizada desde que citados a fonte e o autor, com link para o artigo original.