Técnica adotada por grandes redações de todo o mundo, a fotogrametria é tema de um curso para profissionais de imprensa oferecido gratuitamente pelo Centro Knight de Jornalismo para as Américas, na Universidade do Texas. 

O objetivo do programa é apresentar como as fotografias em 3D, que combinam realidade aumentada e imagens reais, têm sido usadas no jornalismo e ensinar a criar conteúdos utilizando-as para melhorar a experiência do leitor.

As aulas acontecem semanalmente entre 27 de junho e 24 de julho e podem ser assistidas no horário mais conveniente para os participantes. 

Fotografia 3D e interatividade no jornalismo

O uso da fotogrametria no jornalismo permite a criação de conteúdos ainda mais interativos. Ela facilita a visualização para os leitores em um contexto digital. 

De modo geral, ela consiste no uso de fotografias para “o estudo e a definição das formas, das dimensões e das posições de objetos no espaço”. É o que descreve a Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC), da Unicamp.

Leia também

Consultoria especializada em circulação aponta tecnologias que causarão mais impacto no jornalismo digital

No jornalismo, a técnica aparece como aliada para a construção de reportagens imersivas. Alguns veículos de comunicação que já a utilizam são a revista norte-americana Time e o jornal The New York Times.

Detalhes do treinamento

O curso de fotografia do Knight Center tem como instrutor o creative technologist Ben Kreimer. Experiente neste tipo de produção, ele é também consultor de projetos associados à Fundação Nacional da Ciência (NSF, na sigla em inglês), agência governamental dos Estados Unidos.

Veja o conteúdo dos módulos.

Módulo 1

O  treinamento inicia com a apresentação do processo deste tipo de fotografia 3D. Também são mostrados casos jornalísticos em que foi utilizado.

Módulo 2

A segunda etapa do curso consiste na contextualização sobre os diferentes cenários em que a técnica pode ser usada para contar histórias.

Módulo 3

Focado em ferramentas tecnológicas, o terceiro bloco ensina como os participantes podem fazer este tipo de captura de fotografia 3D: por meio de câmeras portáteis e drones, além de apresentar tecnologias úteis para a produção a para este tipo de conteúdo.

Módulo 4

O bloco final  é dedicado ao processamento e publicação dos materiais com fotografias 3D. Além disso, destaca tendências como vídeo volumétrico e o metaverso.

Inscrições

O curso de fotografia 3D oferecido pelo Knight Center tem inscrições gratuitas, que podem ser feitas no site da instituição.

Embora seja gratuito, os interessados em receber certificação devem pagar uma taxa de US$ 30,00. 

Leia também

Direitos autorais reservados. Reprodução do conteúdo integral não autorizada. Reprodução do primeiro parágrafo autorizada desde que com link para a matéria original.