Londres – O Comedy Wildlife Photo Award está de volta, para nos brindar com o lado mais divertido do mundo animal. Realizado desde 2015 no Reino Unido, o concurso de fotografia da natureza reúne nesta edição mais de 7 mil trabalhos de fotógrafos profissionais e amadores de vários países.

O concurso foi criado pelos fotógrafos profissionais Paul Joynson-Hicks e Tom Sullam,  com o objetivo de explorar o lado mais leve da natureza, usando o humor para aumentar a conscientização sobre a importância de preservar a vida selvagem. 

“O grande número de imagens que recebemos todos os anos ilustra o interesse que existe para se envolver com a conservação e nos lembra que a vida selvagem é realmente incrível e hilária, e devemos fazer tudo o que pudermos para protegê-la”, disse Paul. 

Os trabalhos serão julgados por um painel composto por fotógrafos de natureza, jornalistas e membros de organizações ambientais. O vencedor será anunciado em outubro e ganhará um safári de uma semana no Quênia – certamente para se divertir com mais fotos.

Veja aqui os vídeos e uma seleção das imagens finalistas. 


Você só tinha UMA droga de tarefa!

Um dos parceiros desta dupla de pássaros não cumpriu a sua parte do trabalho em equipe. O vídeo é de Demond McDonald / Estados Unidos.

Abraçando o melhor amigo após o isolamento

O abraço desastrado do martim-pescador foi flagrado pelo vídeo do indiano Rahul Lakmani. Pode ter sido efeito de tanta saudade…

 


Mortal para a frente

O cisne parece contagiado pelo clima das Olimpíadas no vídeo de Fabiano D’Amato / Suíca.

 


Don’t Worry, Be Happy!

Na Alemanha, a libélula azul parece ter recebido ótimas notícias, fotografada pelo fotógrafo local Axel Boecher.


Soltando a voz
O babuíno demonstra seu talento para o canto, fotografado na Arábia Saudita pelo francês Clemence Guinard.


Aceno de boas vindas

Na Suécia, a libélula vermelha parece cumprimentar o fotógrafo local Matias Hammar.


A gargalhada da serpente
A piada deve ter sido boa. Não é contagiante a gargalhada da cobra de videira, fotografada na Índia pela fotógrafa local Aditya Kshirsagar? 


Risada discreta 

A foca cinza ri sem perder a discrição britânica, fotografada por Martina Novotna / Reino Unido


Posto de observação 
Na Rússia, o filhote de urso marrom tem o melhor posto do mundo para observar as maravilhas da natureza à sua volta. A  fotografia é do britânico Andy Parkinson.

“Somos muito sexy para esta praia”

A coreografia do trio de pinguins chamou a atenção de todos nas Ilhas Maldivas.  E também de Joshua Galicki / Estados Unidos.


Pronto para o que der e vier

Na Índia, o camaleão parece disposto a encarar qualquer desafio. A foto é do indiano Gu Rumoorthy K. 


Ops! Errei o alvo!
Na briga entre cangurus em Perth, na Austrália, o chute de um dos brigões passou longe do adversário. Sem jeito mandou lembranças. A foto é da australiana Lea Scaddan  / Austrália.

De frente para o crime
Na Groelândia, um cavalo selvagem quase engole a câmera ao ser fotografado pelo holandês Edwin Smits.

Aaaaiiiiiiii!
Na China, a expressão do macaco dourado mostra que essa doeu. A fotografia é de Ken Jensen / Reino Unido.

Lábios são para beijar 
Lábios são para beijar!
Quem se habilita ao beijo do baiacu?  A fotografia é de Philipp Stahr / Alemanha.

Mau-humor de segunda-feira
Com cara de poucos amigos, o Pássaro Pied Steling é fotografado na África do Sul, por Andrew Mayes / África do Sul.

Seu requebrado me maltrata!
O requebrado do pelicano marrom é irresistível, na fotografia de Dawn Wilson / Estados Unidos.

Onde é o baile de máscaras?
No Reino Unido, a folha levada pelo vento parece deixar o pombo mascarado, fotografado pelo britânico John Speirs.

Segredos chineses 
O que será que o guaxinim está contando para o outro? Nem o fotógrafo alemão Jan Piecha descobriu.

Ensaiando para a ópera 
Na Austrália, o canguru é flagrado numa pose digna de Luciano Pavarotti , na fotografia da australiana Lea Scaddan.

Consegui!!!
Na Indonésia, o sorriso de satisfação da perereca verde ao chegar ao topo, flagrado pelo fotógrafo local Dikky Oesin.
Adivinha quem é?
A rápida espiada do filhote de ganso, fotografado pelo britânico Charlie Page, no Lee Valley Park, em Londres, no Reino Unido.

Esconde-esconde 
Um urso marrom esconde o rosto ao ser fotografado pelo húngaro Pal Marchhart nas Hargita Mountains, na Romênia.

Atitude!
Na Índia, o lagarto mostra que atitude é tudo, enquanto monitora seu território, clicado pela fotógrafa local Aditya Kshirsagar.

 


Te peguei!
Na Hungria, a brincadeira da dupla de esquilos, flagrada pelo fotógrafo local Roland Kranitz.

Palmas que ele merece!
O urso pardo dança alegremente no Alasca, enquanto é fotografado pelo norte-americano Rick Elieson.

Veado defumado para o jantar
O tigre parece carregar um tronco para a fogueira do jantar, no Jim Corbett National Park, na Índia. O quadro é do fotógrafo local Siddhant Agrawal.

Dançando para a glória
O macaco brilha entre seus pares na Tadoba Andhari Reserve, na Índia, clicado pelo fotógrafo local Sarosh Lodhi.

Eu deixei você tirar uma foto minha?
Em Atacasdero, na Califórnia, o pássaro parece não gostar de ser fotografado por Patrick Dirlam / EUA.

Como se consegue abrir essa maldita janela?
Na França, o guaxinim não consegue conter sua curiosidade para ver o que tem dentro de casa, flagrado pelo fotógrafo local Nicolas de Vaulx Draguignan.

Shhhh, estou com tanta ressaca que dói!
Em San Bernardino, na Califórnia, a coruja parece ter curtido bem a noite. A fotografia é de Anita Ross / Estados Unidos.
A imagem vencedora do Comedy Wildlife Photo 2021 será escolhida por um júri de especialistas e anunciada em outubro. Mas há também uma votação popularno site do concurso, que pode ser acessado aqui.
See Also 

Em tempos de queimadas no Brasil e no mundo, fotógrafos registram a relação da humanidade com o fogo